Sakeja, a primeira cerveja nipo-brasileira com saquê

garrafa-sakeja-500ml

Com a chegada do verão, há um expressivo aumento na procura pela culinária japonesa. O estilo atrai cada vez mais apreciadores pelo equilíbrio entre ingredientes leves e saudáveis, como legumes e algas, e crus, como peixes, polvos e camarões. A ida a um restaurante japonês traz ainda a oportunidade de celebrar com os amigos, um encontro sem pressa, aproveitando a ampla variedade de opções. E se a ideia é reunir a quem se ama, nada melhor do que adicionar ao programa uma bebida que é a cara do Brasil: a cerveja. Mas é possível combinar cerveja e culinária japonesa? A resposta está na mais nova cerveja de Curitiba, a Sakeja. Cuidadosamente pensada para harmonizar com comida japonesa, a nova cerveja traz a adição de uma bebida muito tradicional na cultura nipônica: o saquê. O resultado é uma experiência gastronômica totalmente nova.

Criada após ampla pesquisa dos sócios Sergio Rodrigo Grassi, Alisson Ricardo Grassi, Rodrigo Ribeiro Barbosa (Sony) e Alessandro Matuura, a Cervejaria Sakeja é a primeira do Brasil a incluir saquê na receita. Admiradores e apreciadores da cultura japonesa, os quatro empresários buscavam por uma bebida que harmonizasse com a culinária oriental e que também representasse os conceitos de harmonia, amizade e respeito, tão presentes na cultura deste país.

Disponível em mais de 30 restaurantes da capital paranaense, o primeiro rótulo da marca, Sakeja, agora amplia seus horizontes e também marca presença em Foz do Iguaçu, Londrina, Paranaguá e São José dos Pinhais, no Paraná, e Camboriú, Florianópolis, Garopaba e Praia do Rosa, em Santa Catarina. Em Curitiba, restaurantes típicos da culinária oriental como Taisho, Nakaba, Tsuru, Tuna, Izakaya Hyotan, Izakaya Tanuki, Karê ya, Maneki Lamen, Nagano, Oka Culinária Oriental, Shin Miura e Sushi Arte, além de vários empórios, já trazem a bebida na carta.

A qualidade da bebida, aliás, levou a cervejaria a receber um importante reconhecimento da Organização Nacional de Turismo do Japão: o selo “Japan Endless Discovery”, uma prova oficial de um produto único que incentiva e ajuda a difundir a cultura japonesa pelo mundo.

Kampai! Um brinde!

A Sakeja é uma cerveja especial, clara e equilibrada. Fácil de beber, tem uma presença lupulada marcante e um toque especial do puro saquê premium japonês. Com uma combinação exclusiva dos melhores maltes brasileiros com o raro lúpulo japonês Sorachi Ace e uma dose de saquê premium, a Sakeja celebra uma degustação única, saborosa, refrescante e nipo-brasileira por essência. Possui teor alcóolico de 5,4% e está disponível em garrafas de 500ml.

“A ideia foi criar algo para harmonizar com a comida oriental. Algo que fosse fácil de tomar e que nos permitisse unir esse conceito de amizade, do ato de compartilhar o momento com os amigos e curtir a cultura Brasil-Japão”, explica Sergio Grassi, diretor administrativo da Sakeja Cervejaria.

Integração cultural

O estilo da Cervejaria Sakeja está presente desde a concepção da marca até a seleção de ingredientes únicos. “Inicialmente desejávamos unir duas coisas: uma bebida que simbolizasse a união do Brasil com o Japão e que passasse esse sentimento de celebração, principalmente entre os amigos. Nossa ideia é representar a amizade mais pura, aquela amizade respeitosa entre os anikis e os senpais, muito presente na cultura nipônica”, esclarece Sergio Grassi.

Até o cuidado com a comunicação da Sakeja carrega esses ideais: “Queremos sempre reforçar essa imagem de respeito, autenticidade e pureza. Isso vai desde a seleção de ingredientes, até a escolha de imagens para a comunicação gráfica”, complementa Rodrigo Ribeiro (Sony), diretor de marketing e designer gráfico.

A árvore representada na marca é a Sakura, a cerejeira japonesa. No Japão, a Sakura e suas flores simbolizam o amor, a felicidade, a renovação e a esperança. A preocupação em homenagear a cultura japonesa não fica restrita a silhueta da árvore. O emblema “Wa” e a caligrafia japonesa presentes nas garrafas da Sakeja foram feitos por um monge budista. O ideograma “Wa” significa união, confraternização e convívio harmônico, e na caligrafia é possível ler em japonês “Cerveja nipo-brasileira”, uma assinatura em respeito à colônia japonesa do Brasil.