PRETO faz temporada de 02 a 12 de agosto

Com direção de Marcio Abreu, PRETO traz no elenco: Cássia Damasceno, Felipe Soares, Grace Passô, Nadja Naira, Renata Sorrah (em sua terceira peça com a companhia) e Rodrigo Bolzan / Rafael Lucas Bacelar.

Crédito – Nana Moraes.

A montagem se articula a partir da fala pública de uma mulher negra, uma espécie de conferência sobre questões que incluem racismo, a realidade do negro e da negra no Brasil hoje, o afeto e o diálogo, a maneira como lidamos com as diferenças e como cada um se vê numa sociedade marcada pela desigualdade.

Preto já fez temporadas bem-sucedidas em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, além de ser apresentado em Berlim, Frankfurt e Dresden, na Alemanha, e em Paris, na França. Dirigida por Marcio Abreu, a peça mergulha na investigação e na reflexão em torno das diferenças. A dramaturgia é assinada por Marcio em parceria com Grace Passô e Nadja Naira.

Crédito – Nana Moraes.

A peça além de promover essa investigação a respeito da rejeição das diferenças na sociedade – numa tentativa de expandir, pelo viés da arte, as percepções sobre o outro e sobre os espaços de convivência – ainda aprofunda a reflexão sobre a imagem social, repensando como a sociedade se comporta e dá poder a essa imagem. Questionamentos do tipo “como eu me vejo?” ou “como o outro me vê?” acompanham o espetáculo.

Crédito – Nana Moraes.

O mote é esse: como reagir artisticamente diante da pluralidade cultural, política, étnica e racial?

Crédito – Nana Moraes.

Espetáculo: PRETO
Temporada: De 02 a 12 de agosto de 2018
Dias e horários: quinta a sábado (20h) e no domingo (19h)
Local: Teatro José Maria Santos
Rua: Treze de Maio, 655 – São Francisco
Informações: 41 3322 7150 / 3324 8208
Ingressos: R$40 / R$20 (meia entrada – conforme legislação)
Capacidade: 162 lugares + 2 para cadeirantes
Recomendação etária: 14 anos
Duração: 80 minutos
Obs.: Vendas antecipadas na Bilheteria Central do Teatro Guaíra. No Teatro José Maria Santos, apenas uma hora antes das apresentações.