Eco Guaricana completa 5 anos com participação de 3 mil pessoas

Em 23 de novembro de 2013, a Eco Guaricana organizou o primeiro pedal a partir da chácara da marca em São José dos Pinhais. Na época, o grupo percorreu a trilha intitulada Pé da Serra da Guaricana, perto da BR 376 na Estrada Velha da Guaricana. Cinco anos depois, e 3 mil pessoas participantes, incluindo mais de 600 crianças, a primeira marca a atuar regularmente em São José dos Pinhais como Eco Turismo estabeleceu parceria exclusiva com seis áreas preservadas como campo base, também em Piraquara, Curitiba e Bocaiúva do Sul, conectando 130 km de florestas e estações ambientais particulares.

Crédito – Divulgação.

Um dos principais passeios é na Cachoeira dos Ciganos, a queda de água mais famosa de São José. A marca está apoiando todo o processo de manejo e implantação de um turismo sustentável neste grande atrativo que fica na Chácara Potenza.

Crédito – Divulgação.

Quem investe nos momentos do chamado bem estar ainda contribui com a sustentabilidade financeira das áreas verdes. Os proprietários utilizam a receita em iniciativas preservacionistas com retorno direto ao visitante e sociedade. As visitas nos campos base contemplam passeios de bike, trekking, rapel, entre outros contatos com a Natureza. Os encontros ocorrem com café da manhã e da tarde, almoço e pernoite, estacionamento em locais privados para acampar ou acantonar. A equipe é formada por guias experientes em áreas remotas.

Crédito – Divulgação.

Os eventos podem ter dinâmicas sobre colmeias de abelhas, flores comestíveis, bicicletas interativas, como de bambu e liquidificador, enfim, várias atrações também como proposta de Educação Ambiental.
Além da Cachoeira dos Ciganos, são estruturadas em São José dos Pinhais visitas na Reserva Nhandara Guaricana, onde se encontra a Casa Indígena; e na Chácara Nó de Pinho com pernoite de 20 pessoas. Em Curitiba, as atividades ocorrem na Reserva Airumã, Santa Felicidade, sede da araucária mais antiga da Capital (400 anos). O Santuário Família Walker fica em Piraquara, no Caminho Trentino, próximo ao Morro do Canal, com 25 alqueires dentro da Mata Atlântica. A mais nova reserva particular, em processo de desenvolvimento, é o Santuário Agroecológico Bellatrix, em Bocaiúva do Sul.

Crédito – Divulgação.

Igor Pereira, da PIX2 Films, especialista em Tecnologia da Informação, foi um dos participantes do primeiro pedal e primeiro evento da Eco Guaricana. “A Eco Guaricana cria acesso a momentos e lugares incríveis, integrando ações de sustentabilidade a esportes, atividades de lazer e conhecimento. A nossa foto mostra um dia marcado por descobertas na natureza, das pessoas e a história do nosso Estado”, diz Igor Pereira.

Roteiros Tradicionais
Além de fomentar roteiros inéditos, a Eco Guaricana promove ações de Eco Turismo em locais tradicionais, como na Cantina Zanchetta, no bairro rural Taquaral . “A Eco Guaricana é nossa parceira de muitos anos. O nosso Café no Parreiral teve um grupo praticamente só da Eco Guaricana. Temos ideais parecidos quanto a preservação ambiental e turismo. É uma referência e uma inspiração para nós. Que possamos continuar promovendo parcerias e levando o nome do município aos quatro cantos. Parabéns!”, elogia José Zanchetta, presidente da Associação de Produtores Rurais, Artesãos e Empreendedores de Turismo do Taquaral e Região.