Cruz Machado – Os Mistérios da Vida Noturna de Curitiba

O jornalista André Rogal Wuicik lançou, no fim do ano passado, o livro “Cruz Machado – Os Mistérios da Vida Noturna de Curitiba”. A obra conta a história da vida noturna no Centro da cidade e os bastidores dos principais personagens que construíram as inesquecíveis boates e bares da região, algumas delas, existentes até os dias de hoje.

O jornalista André Rogal Wuicik. Crédito – Divulgação.

Todas as grandes cidades do mundo contam com um endereço típico para o divertimento e o Lado B da vida na noite. Em Curitiba, a Rua Cruz Machado é o local onde tradicionalmente foram construídas as casas noturnas que marcaram época na cidade, como a Lido, Metrô Club Show, Viva a Noite, além de bares inesquecíveis como o Saul Trumpet Bar, Gato Preto, Waldo X-Picanha, entre outros. Essa mistura de estilos transformou a pacata rua central, que dá nome ao livro, no mais icônico endereço da boemia curitibana.

Ao longo do livro, o autor conta como estes ambientes surgiram, assim como a história inéditas das pessoas que fundaram e trabalharam nas casas. A obra traz relatos de gente que, muitas vezes, de maneira inusitada, largou o cotidiano banal para viver e construir a inebriante atmosfera da Cruz Machado. A realidade atual também é retratada, bem como todas as lendas urbanas sobre personagens envolvidos na política, grandes chefões da noite e até mesmo a aparição do cantor espanhol Julio Iglesias em uma noitada no Gato Preto.

Crédito – Divulgação.

A obra foi impressa pela editora Ithala e lançada no próprio Gato Preto, em dezembro de 2018. Esta foi a segunda obra de André, que também é autor do livro “Túneis de Curitiba – Verdades e Mitos sobre os Subterrâneos da Capital Paranaense”, lançada em 2017, pela Editora Chain.  Em seus livros, disponíveis na Biblioteca Pública do Paraná, o jornalista busca contar histórias e curiosidades sobre Curitiba, cidade onde nasceu e vive até hoje.