Curitiba é a quinta cidade do Brasil em número de coworkings

Curitiba é a quinta cidade do país em número de coworkings: são 44, segundo o mais recente censo que traz dados referentes a 2019 e que foi produzido pelo site Coworking Brasil. Em primeiro lugar fica São Paulo com 388, seguido do Rio de Janeiro (106), Belo Horizonte (64) e Porto Alegre (54). Em 2016, eram 20 os estabelecimentos na capital paranaense, ou seja, em tres anos a quantidade de coworkings em Curitiba mais do que dobrou.

Para Vargas Júnior, coworking está sendo um grande aprendizado. Crédito – Divulgação.

Estes espaços compartilhados de trabalho são cada vez mais procurados por oferecerem infraestrutura completa para empresas e profissionais autônomos desenvolverem seus trabalhos, além de serem ambientes que se firmam a cada dia como intercâmbio de novas ideias, troca de experiências e favoráveis aos negócios. Niltson Vargas Júnior, fundador do Dona Helena Empregos – agência de recrutamento de empregadas domésticas, babás, e trabalhadores de funções afins, é um dos curitibanos que apostaram nesse ambiente de trabalho e que sentiram na pele o crescimento profissional e pessoal com a convivência gerada pelo coworking.

Júnior exerce esse trabalho há 17 anos, mas há dois anos resolveu trocar uma sala comercial convencional pela “novidade”. Instalou-se em um dos coworkings da YouDO, localizado na Avenida República Argentina, no bairro Água Verde. O empresário conta como surgiu a ideia de experimentar o espaço compartilhado: “Eu tinha uma sala, aqui perto mesmo, mas não tão bem localizada. Foi minha esposa quem comentou sobre o coworking. Num primeiro momento, não me interessei. Até porque onde estava não pagava aluguel, só condomínio. Mas seis, sete meses depois, resolvi dar uma olhada. E vim para a YouDO, que estava no começo”.

Vargas Júnior lembra que, quando se instalou na YouDO, só havia outro empreendedor atuando no espaço. “Achei o ambiente muito agradável, mesmo não tendo quase ninguém”. Logo, começaram a chegar mais e mais empreendedores, e Vargas Júnior foi se dando conta da diversidade de negócios e perfis reunidos em um único espaço, e como aquilo ia se tornando enriquecedor – para ele próprio e para seu negócio.

“Eu aprendi muito, por exemplo, sobre as tecnologias digitais. Fui me interessando a partir do que via do trabalho dos outros. Aprendi a lidar com redes sociais, como o Linkedin, que eu nem conhecia”, narra Vargas Júnior. Os colegas de espaço inspiraram e ajudaram o empreendedor a desenvolver estratégias promocionais e de comunicação na internet. Por exemplo, na criação de um site para o Dona Helena Empregos. “Fiz um site com versão também em inglês e em espanhol. Com isso, nas primeiras semanas consegui dois clientes vindos da Colômbia”, ilustra.

Junior conta ainda que os clientes que o procuram para contratar profissionais domésticos ficam impressionados com o ambiente onde a empresa dele está instalada. “Não tem quem não venha aqui no coworking e elogie. A estrutura é ótima, com secretária, portaria e sala de reuniões”. É no cafezinho da YouDO que Júnior tem contato com novas ideias e até fecha negócios.

O coworking oferece também um espaço para refeições, lazer e reuniões menos formais com café à vontade. E é justamente neste ambiente, que surgem novas oportunidades de negócios para Júnior. “É aqui no cafezinho que trocamos experiências e inclusive fecho novos negócios com quem precisa de meus serviços”, comenta.

Ivan B. Cruzeiro, administrador da YouDO. Crédito – Divulgação.

Contudo, mais do que os ganhos profissionais, estão os ganhos pessoais, como conta Ivan Balmant Cruzeiro, administrador da YouDO. “Por ser um ambiente compartilhado, o coworking oportuniza o contato com a diversidade e a quebra de paradigmas de nossa sociedade, como, por exemplo, a orientação sexual. Já vivenciei muitos casos de pessoas que chegaram ao coworking totalmente fechadas a novas experiências e outras que tinham até certos preconceitos e hoje estão totalmente mudadas, convivendo com todos de modo hormonioso e amigável”, finaliza.

A YouDO é um grupo curitibano que atua no mercado imobiliário há 10 anos e nos últimos dois tem investido na criação de novos espaços de trabalho compartilhados na cidade (coworkings). Possui unidades no bairro Água Verde, com mais de 140 posições e no centro, na rua Visconde do Rio Branco, com 45 posições. Em todo o país existem 1.497 espaços compartilhados de trabalho conhecidos. Os estados com maior número de coworkings são: São Paulo com 663, seguido por Rio Janeiro (129), Minas Gerais (112), Rio Grande do Sul (97), Santa Catarina (90) e o Paraná (87). Sobre a YouDO: https://work.youdobrasil.com.br/