Bafo da Gralha é espetáculo gratuito criado com textos de autoras paranaenses

A partir do dia 29 de janeiro de 2020, a CiaSenhas de Teatro apresenta no espaço recém inaugurado Alfaiataria, sua 15a peça: Bafo da Gralha. A montagem permanece em cartaz até dia 16 de fevereiro, com entrada franca.

Crédito – Rodrigo Janasievicz.

Bafo da Gralha estreou em março de 2016, realizando uma curtíssima temporada na cidade. A montagem foi desenvolvida, inicialmente, a partir do convite que a CiaSenhas recebeu para participar do evento Curitiba Mostra (encenações de textos da literatura paranaense) durante o Festival de Teatro de Curitiba.

Crédito – Rodrigo Janasievicz.

Na primeira etapa do projeto, ocorrida em setembro e outubro de 2019, a CiaSenhas promoveu mesas de discussão e de encontro entre mulheres, na ação: Mulheres-Palavras-Pensamentos, onde foram reunidas dezenas de artistas e pensadoras para refletir sobre o passado, presente e futuro da arte e da sociedade a partir da perspectiva feminina.

Crédito – Rodrigo Janasievicz.

O espetáculo Bafo da Gralha trabalha com algumas das vozes mais importantes da literatura paranaense em um caleidoscópio de diferentes gerações de autoras-mulheres paranaenses, revelando uma visão de mundo feminina no século XXI. Para montagem da peça, a CiaSenhas reuniu Alice Ruiz, Leonarda Glück, Luci Collin, Priscila Merizzio, Ma Ry e Sueli Araujo. Os textos foram selecionados e organizados em formato de dramaturgia pela diretora e também dramaturga Sueli Araujo.

Crédito – Rodrigo Janasievicz.

Como parte integrante do projeto, a companhia também realizará uma Ação de Formação de Plateia com grupos de mulheres em situação de vulnerabilidade social e econômica com o intuito de apresentar características temáticas e estéticas do espetáculo e refletir sobre as questões da mulher na contemporaneidade.

Crédito – Rodrigo Janasievicz.

O projeto Bafo da Gralha realiza múltiplos encontros cênicos com algumas das autoras paranaenses mais intensas do cenário contemporâneo, com artistas e pensadoras brasileiras e com o espectador.
Este projeto é realizado com o programa de apoio e incentivo à cultura -Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba com incentivo do EBANX.