Conquer libera curso mais procurado para ajudar profissionais a passarem pela pandemia

Que estamos passando por uma crise sem precedentes todos já sabem. Que essa crise vai afetar profundamente a economia, todos imaginam. Aliás, a crise já começou. Empregos estão sendo perdidos, empresas já estão fechando as portas, o futuro é incerto para pequenos e médios empresários, e depois disso tudo, o mundo não será mais o mesmo. Hoje, no Brasil, são mais de 12 milhões de desempregados, e a estimativa de alguns estudiosos é que, até o final de maio este número chegue a 16,5 milhões. Um cenário desses vai exigir, sem dúvidas, muita inteligência emocional de todos nós para que possamos agir com serenidade e da melhor forma possível. Pensando nisso, e como uma maneira de auxiliar as pessoas a enfrentarem este momento, a escola de negócios Conquer está disponibilizando gratuitamente um dos seus cursos mais procurados e que possui valor médio de R$ 2 mil, o curso de Inteligência Emocional.

“Esta é uma ação inédita da Conquer. Entendemos que é um momento difícil em que muitas coisas estão em jogo: a economia, os empregos, e, sobretudo, a saúde mental. Por isso, acreditamos que é hora de de todos fazerem aquilo que está ao seu alcance para atravessarmos essa tempestade da melhor forma possível, afirma Sidnei Jr., um dos co-fundadores da escola.

Crédito – Divulgação.

Segundo uma pesquisa realizada pela Deloitte durante o pico do novo Coronavírus na China, o estresse psicológico dos colaboradores foi responsável por 46% da preocupação das empresas. E não poderia ser diferente. “A gente entende que é um momento muito complicado para a economia e, principalmente, de muita adaptação. Empresas e trabalhadores estão precisando se reinventar e, para que isso seja efetivo, e que possa trazer resultados é preciso muita inteligência emocional”, explica Sidnei Jr., um dos sócios da Conquer, escola de negócios que é referência no treinamento das soft skills, habilidades essenciais para o mercado.

80% de emocional, 20% de intelectual: o que é e como desenvolver IE?

O termo fez muito sucesso quando o autor Daniel Goleman lançou o livro Inteligência Emocional (1995), em que afirmava que o quociente intelectual respondia a apenas 20% das habilidades necessárias para uma pessoa ser bem-sucedida. Os outros 80%, segundo ele, dizem respeito a habilidades emocionais. Isso mesmo. O que significa que, além do conhecimento técnico, é preciso um conjunto de habilidades, como autoconhecimento, gestão das emoções, empatia e sociabilidade para o bom desempenho profissional. Isso tudo, é a chamada inteligência emocional.

Com base nesses conceitos e outros mais modernos sobre inteligência emocional, o curso ofertado oferecerá 8 módulos, e contará com a participação de grandes nomes como Gláucia Garcello, diretora da Deloitte, Gustavo Britto, coordenador de educação corporativa do Grupo Boticário, Ricardo Basaglia, diretor geral da Michael Paige, Patrícia Tourinho da Johnson&Johnson, entre diversos outros nomes.

Os módulos serão ofertados por videoaula e haverá também masterclass ao vivo. Entre os assuntos abordados estão adaptabilidade, pilares da inteligência emocional, autoconhecimento e autogestão, empatia, felicidade, liderança, entre outros. Ao final do curso, os alunos receberão certificado. Para inscrever-se, basta acessar: bit.ly/curso-conquer

Sobre a Conquer

A Conquer é uma escola de negócios para a nova economia. A escola conquistou, em três anos de atividade, a incrível marca de ter em suas salas de aula mais de 30 mil alunos e mais de 200 treinamentos InCompany em empresas como Google, Ambev, McDonalds, Globo, Magalu entre várias outras.

A escola nasceu em 2016 com o propósito de desenvolver as soft skills, ou seja, aquelas habilidades que não são ensinadas pelo ensino tradicional, como faculdades e pós-graduações. De lá para cá, a Conquer se especializou não só em cursos que desenvolvem habilidades como oratória, inteligência emocional e produtividade, como também em especializações profissionais que surgem com a nova economia, como liderança, data analysis e inovação, por exemplo. A ideia é oferecer cursos dinâmicos e com uma metodologia diferenciada, que traga resultados efetivos no dia a dia do mercado de trabalho, além de preparar os mais variados perfis para atuação no mundo dos negócios, seja através de uma nova habilidade, da especialização de uma atividade já exercida, ou ainda, no desenvolvimento de um determinado perfil comportamental.

De 2016 até hoje, a empresa cresceu de uma unidade em Curitiba para 8 sedes nas cidades de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo, Campinas.. Além disso, a Conquer vem se destacando no mercado. Recentemente, a empresa foi eleita como uma das 10 melhores startups no relatório Paraná Mining Report, realizado pela holding de negócio Distrito e que traçou um diagnóstico de 502 startups no estado. Para criar o ranking, a Distrito considerou variáveis como faturamento, número de funcionários, visibilidade e tempo de mercado. Ainda, a Conquer foi homenageada no evento Empreendedor do Ano, promovido pela EY, um dos mais importantes no mundo dos negócios. O prêmio serve como reconhecimento à atuação e ao impacto que o negócio gera no Brasil. Por fim, no mês de janeiro de 2020, Hendel Favarin foi selecionado para a seleta lista Under 30 da Forbes Brasil, que elege os principais empreendedores com menos de 30 anos que estão fazendo a diferença no mundo dos negócios. Foram 90 profissionais selecionados no Brasil todo, e entre eles está Favarin, indicado na categoria educação.