Bodebrown lança Double Perigosa 18% Wild

Uma versão ainda mais “selvagem” da cultuada cerveja Double Perigosa chega ao mercado. Já está disponível no site da Bodebrown a Double Perigosa 18% Wild. Seguindo a linha Wood Aged (envelhecida em madeira), esta cerveja passou dois anos em barricas de carvalho francês e, depois, mais quatro anos repousando na garrafa.

Crédito – Divulgação.

Lançada agora para dar suporte à manutenção da fábrica da Bodebrown durante a crise gerada pelo coronavírus, a Double Perigosa é vendida exclusivamente num kit especial. Ele é composto por uma garrafa de 330 ml numerada e uma taça de cristal especialmente desenhada para ela, ao preço de R$ 149. O endereço para compra é https://loja.bodebrown.com.br/

Inicialmente lançada na campanha para construção da nova fábrica da Bodebrown, há quatro anos, a Double Perigosa ganha esta nova versão especial num panorama desafiador para as cervejarias artesanais. “Precisamos do suporte dos fãs para continuar sobrevivendo, num momento em que o mercado está sofrendo muito, com bares, restaurantes e outros pontos de venda fechados”, explica Samuel Cavalcanti, CEO da Bodebrown. “Por isso escolhemos uma cerveja tão importante em nossa história para ganhar esta nova versão”.

Taça foi inspirada na Praça de São Pedro, no Vaticano

A taça que acompanha o kit também é uma raridade, pois a fábrica de cristais que a criou, a Blumenau, na cidade de mesmo nome, fechou as portas há dois anos. “ Um lote destas peças – todas feitas à mão – estava guardado conosco desde então”, conta Cavalcanti.

O design da taça tem uma história especial. Foi inspirado na Praça de São Pedro, no Vaticano. O bojo remete à forma ovalada da praça, cujo desenho foi criado pelo arquiteto Gian Lorenzo Bernini, no século XVII. Esta inspiração segue a tradição da Bodebrown de buscar referências artísticas clássicas para seus produtos. Bernini também era escultor e foi considerado um dos maiores artistas do seu tempo.

Double Perigosa Wild e Samuel Cavalcanti. Crédito – Divulgação.

Entre as obras mais conhecidas de Bernini está O Rapto de Proserpina, baseada num antigo mito grego que explica as estações do ano a partir do sequestro da bela jovem. Segundo a lenda, nos meses quentes (primavera e verão) ela voltaria para sua mãe, a deusa das colheitas Deméter, e nos frios (outono e inverno), teria que retornar para o seu sequestrador, Hades, com quem teve que se casar contra a vontade. “Este ciclo da natureza tem uma relação direta com as plantações de lúpulo e cereais”, explica Samuel. “O romancista francês Stendhal classificou a praça de São Pedro como a Arte da Perfeição. É justamente esta busca pela perfeição que nos move também como cervejeiros artesanais”.

Seis anos depois, nasce uma nova cerveja

A Double Perigosa 18% Wild é fruto de nada menos do que seis anos de trabalho. Ela foi inicialmente produzida em 2014. Passou então 24 meses em barricas de carvalho previamente utilizadas por vinho tinto Cabernet Sauvignon da Serre Gaúcha. “Nestas barricas, já apresentava microrganismos selvagens entre as leveduras”, conta Samuel. “Daí o nome wild”.

Em 2016 a cerveja foi engarrafada, para passar mais quatro anos em repouso. “ O resultado é uma cerveja surpreendente, com potencial de guarda por mais 20 ou 30 anos”, conclui Samuel. “Este processo aumenta o teor alcoólico em relação à Perigosa tradicional, chegando aos 18%. Complexa e estruturada, esta edição da Double Perigosa ganha sabor com o tempo, valorizando seus aromas cítricos e notas frutadas. A Double Perigosa é considerada a cerveja mais alcoólica do Brasil. Mas além disso, se destaca pela grande experiência sensorial que proporciona”.

Double Perigosa 18% Wild
Disponível no site: https://loja.bodebrown.com.br