Designer de moda curitibano apresenta coleção na Paris Fashion Week

Inspirado na cultura indígena, na fauna e na flora amazônica, o curitibano Mateus Nudelmann apresentou coleção própria na Paris Fashion Week (PFW) no último sábado (3), no Salon Marceau. Aos 25 anos, o jovem foi o único brasileiro a participar da PFW, após ser selecionado pela Flying Solo NYC – programa que dá espaço para marcas autorais e lança novos talentos do design independente para todo o mundo.

Crédito – Alessandra Chastalo.

Formado em Design de Moda pela Universidade Positivo e pós-graduado pelo Instituto Francês de Moda, em Paris, Nudelmann foi um dos dez selecionados pelo programa, que recebeu inscrições de profissionais de 26 países. Segundo o designer, a maior inspiração, além da “brasilidade”, foi a mãe, a artista plástica Simone Campos. “Sempre tive uma relação próxima com minha mãe, a nossa ligação artística é muito forte, tanto que atuamos juntos, ela é responsável pela estamparia exclusiva dos meus vestidos”, conta.

Durante a Paris Fashion Week, Nudelmann apresentou oito vestidos. “Quatro deles foram uma homenagem à cultura indígena, à fauna e à flora amazônica brasileira. Por meio de cores, texturas e com muito bordado eu consegui levar um pouco da nossa riqueza para as passarelas francesas. O restante, utilizei estampas exclusivas desenhadas pela minha mãe, que também carregam o conceito da Amazônia”, explica.

Crédito – Alessandra Chastalo.

Após encantar o público mostrando a exuberância da natureza brasileira, Nudelmann revela estar honrado em representar o país. “Fiquei muito feliz em representar também a moda autoral e, certamente, pelo grande passo que dou na carreira”, conta. Agora, o designer curitibano prepara a apresentação das peças ao público curitibano. O evento, embora ainda não tenha data, vai acontecer no Memorial de Curitiba. “Posso adiantar que vou aumentar a coleção e, além das peças da PFW, teremos mais 25 vestidos. Além disso, em um segundo evento, vou apresentar as criações inspiradas em Curitiba”, revela.