Série curitibana Dicionário de Cinema explica conceitos do audiovisual

A primeira temporada do Dicionário de Cinema (link!) está no ar! A série de vídeo-ensaios, produzida em Curitiba, foi idealizada e produzida pelo professor da Faculdade de Artes do Paraná – Unespar, Alexandre Rafael Garcia, em conjunto com um grupo de estudantes dos últimos períodos do curso de Cinema e Audiovisual e a produtora O Quadro, formada por ex-alunos.

São sete episódios, cada um sobre um conceito fundamental da teoria cinematográfica. São eles: o que é plano, diegese, mise en scène, raccord, transparência, opacidade e estilo. Para esclarecer cada conceito, são usados como exemplos e objetos de análise filmes curtas-metragens paranaenses.

Atuando como professor desde 2009, Garcia sentia frequentemente a necessidade de explicar nas aulas alguns conceitos fundamentais de cinema de maneira ilustrada e que dialogassem com a própria mídia em questão. O gosto pelo formato de léxico já existia com o livro “Dicionário Teórico e Crítico de Cinema”, de Jacques Aumont e Michel Marie, que sempre acompanharam as atividades. Faltava um “material pedagógico” específico que não fosse no formato escrito em textos e livros.

Foi somente em 2020, no contexto da pandemia e das atividades remotas, que o “Dicionário de Cinema” ganhou vida. O projeto foi produzido a partir do edital de fomento da Fundação Cultural Curitiba, subsidiado pela Lei Aldir Blanc. O projeto foi aprovado para ser realizado de maneira totalmente remota: sem nenhum encontro presencial, em quatro meses de produção e com orçamento de 30 mil reais. “A primeira temporada está disponível para ser assistida no YouTube e esperamos que atinja salas de aula e pessoas curiosas sobre arte e comunicação”, afirmou Garcia.

Em tempos de obscurantismo e regressões no fomento e valorização à ciência e educação, o projeto é um esforço de pontuar o cinema como uma área de conhecimento fundamental no século XXI. Hoje são quase 130 anos de projeções de imagens em movimento e um século de reflexões teóricas e críticas do cinema. Há todo um contexto de publicações textuais relevantes no Brasil, mas sentia-se a falta de um projeto com linguagem acessível e de fácil acesso. “Dicionário de Cinema” funciona como um canal de divulgação científica e explica pontos essenciais dos estudos artísticos e culturais – da teoria, da crítica e da prática cinematográfica, levando a um público mais amplo discussões que muitas vezes ficam restritas ao âmbito acadêmico.

O objetivo do Dicionário de Cinema é sensibilizar olhos mais atentos às diversas mídias audiovisuais. Os criadores do projeto acreditam que conhecendo mais sobre cinema, enxergamos melhor o mundo ao nosso redor.

A coordenação geral do projeto é de Alexandre Rafael Garcia, doutorando em História na UFPR e professor no curso de Cinema e Audiovisual da Unespar; a produção executiva é de Anderson Simão; a coordenação é da produtora O Quadro; e a execução é do coletivo Coco Filmes, formada por estudantes da Unespar.