De camarão a rabada. Que tal passar o feriado descobrindo novos petiscos pelos butecos da cidade?

Quem for passar o feriado em Curitiba vai ter muita programação sim! Está acontecendo na cidade a 7ª edição do Comida di Buteco. Até o dia 1º de maio, 31 bares estão participando do concurso e concorrendo ao título de melhor buteco da cidade. Para estar nessa competição todos eles tiveram que criar um petisco. Ou seja, são 31 opções de tira-gostos diferentes para conhecer pela cidade. Tem camarão, rabada, bolinho de cupim, carne de onça, iscas de alcatra e muito mais. O preço fixo é de R$ 27.

Carne de onça do Velhas Caveiras. Crédito – Marta Souza.

“O concurso já está na sétima edição em Curitiba, cidade que realmente abraçou o Comida di Buteco. O público que comparecer a qualquer um dos 31 participantes pode esperar petiscos preparados com muito capricho, atendimento de qualidade e cerveja gelada. Uma combinação perfeita para curtir os dias de folga”, comenta Filipe Pereira, organizador do concurso.

O Comida di Buteco foi criado há 22 anos em Belo Horizonte, Minas Gerais. Hoje o concurso está em todas as regiões do País. São mais de 40 circuitos e cerca de 800 bares participantes.

Croquete de cupim do Barnella. Crédito – Marta Souza.

Ao longo dos 24 dias de concurso todos os butecos são avaliados pelo público que vai até o bar comer o petisco participante e por um corpo de jurados mantidos sob sigilo. O peso dos votos de cada um deles é de 50% e vai decidir o melhor buteco da cidade. Além do tira-gosto, que contempla 70% da nota, a qualidade do atendimento, a higiene do local e a temperatura da bebida também são avaliadas e têm o peso de 10% cada.

O Comida di Buteco é o único concurso que elege o vencedor com votação presencial. Cada cliente que provar o petisco recebe uma cédula de votação no bar e tem que dar sua avaliação no local. Cada critério é avaliado com nota de 0 a 10. É possível votar apenas uma vez em cada bar. A avaliação é qualitativa e não quantitativa.

Alcatra de Outro Jeito do PickNick Bar. Crédito – Marta Souza.

Ao final um instituto de pesquisa faz a apuração do grande vencedor, que recebe premiação dos patrocinadores do evento. Após a escolha do melhor boteco de cada uma das cidades participantes ainda acontece uma eleição nacional para eleger o melhor boteco do Brasil. Essa eleição é decidida apenas com o voto de um júri especializado que viaja o País para dar sua nota.

Veja todos os petiscos concorrentes no site: http://www.comidadibuteco.com.br/category/butecos/curitiba-butecos/

Mas afinal, quem participa do Comida di Buteco?

O processo de seleção para participar do Comida di Buteco começa com a indicação do público. Após visita técnica saem os escolhidos. Para fazer parte do concurso é importante que o bar se encaixe em um perfil: os estabelecimentos devem ser familiares, com o proprietário literalmente à frente do negócio e atrás do balcão no dia a dia.

Camarões do Brasa do Vallentina. Crédito – Marta Souza.

O principal objetivo do Comida di Buteco é ser uma plataforma de transformação social para esses botecos. “Nenhum bar paga para participar do Comida di Buteco. Nossa intenção é que o concurso ajude a trazer clientes novos para a sua casa e assim contribuir para a manutenção desses locais num mercado tão concorrido e vulnerável, principalmente neste período pós-pandemia”, explica Pereira.

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua causa, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas.

Cerveja oficial: Eisenbahn
Apresentador: Piraquê
Patrocínio: Seara, McCain
Banco Oficial: Santander/Getnet
Promoção: RPC TV
Apoiadores: Incrível, Heinz, Reserva 51, Zero Cal, Chandon, Engov After
Apoiadores institucionais: Abrasel, Germer, Paraná Turismo, Mise Food Lab, Clube Gazeta do Povo, Dickies, Santanense, Prefeitura de Curitiba/ Instituto Municipal de Turismo, Gran Mercure

SERVIÇO:
Comida di Buteco em Curitiba
De 08/04 a 01/05
www.comidadibuteco.com.br