Curitiba ganha Memorial Paranista e Jardim de Esculturas

O local recém-inaugurado no Parque São Lourenço, na capital paranaense, apresenta réplicas ampliadas de exemplares do artista plástico paranaense e precursor do Paranismo João Turin. O novo espaço cultural exibe 100 obras entre esculturas, bustos e baixos-relevos do artista que, de acordo com o Movimento Paranista, exaltam o índio (para Turin, o verdadeiro dono da terra) e os elementos naturais característicos do Estado.

Crédito – Ricardo Marajó.

A diretora da extinta Casa João Turin por 23 anos, a sobrinha Elisabete Turin enaltece o espaço dedicado ao tio. “Peças que poderiam ter se perdido, porque eram de gesso, foram fundidas em bronze e tiveram o destino adequado. Agora poderão ser apreciadas pelo público em geral e pelos estudantes. Agradeço de coração ao prefeito, que sempre demonstrou que ama a memória”, disse.

O acervo

É formado por 78 obras doadas ao Estado do Paraná pela Família Lago (detentora dos direitos autorais de João Turin) e por sua vez cedidas em comodato para o município de Curitiba; 12 obras adquiridas pela prefeitura junto aos detentores dos direitos autorais do artista; 3 obras doadas para o município pela Canal Marketing Associados Ltda, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal, com o apoio da Copel; 3 obras cedidas em comodato pela Família Lago, e 4 obras que já pertenciam ao acervo da Fundação Cultural de Curitiba.

Espaço Inteligente

Concebido para ser mais um espaço inteligente e acessível da cidade, o novo Memorial Paranista dotou suas 100 obras de arte de identificação por QR Code (o código lido pelas câmeras dos smartphones) e Braille (sistema de escrita para cegos). O objetivo é que o público tenha autonomia para informar sobre os trabalhos do escultor João Turin que estão expostos no espaço.

Crédito – Guilherme Luchina.

Além disso, em breve, os visitantes que não podem ver ou têm baixa visão também contarão com um audioguia. O recurso oferecerá a descrição detalhada e individualizada dos diversos ambientes do Memorial e dos trabalhos artísticos instalados em cada um deles.

Visitas agendadas

O público poderá realizar o agendamento para visitação gratuita no site do Memorial Paranista (limitadas em razão das medidas de prevenção de covid-19).
As visitas acontecem de hora em hora: de terça a sexta-feira, às 10h, 11h, 12h, 14h, 15h, 16h e 17h; e aos sábados, além desses horários, também às 13h.
Uma pessoa pode agendar para no máximo quatro visitantes e cada visita comporta 50 pessoas, sendo 30 vagas reservadas para agendamentos individuais e 20 vagas para grupos turísticos ou escolares.

Crédito – Ricardo Marajó.

Além das salas de exposição e da Capela Paranista, o local conta com uma unidade da loja #CuritibaSuaLinda, o Liceu de Artes e o Ateliê de Esculturas.

Saiba mais:
Conheça quem foi João Turin:
https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/joao-turin-idealizador-e-expoente-do-paranismo/58949
Símbolos do movimento Paranista:
https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/pinheiro-pinhao-erva-mate-onca-e-gralha-azul-sao-simbolos-do-movimento-paranista/58948
Portal do Memorial:
https://www.curitiba.pr.gov.br/memorialparanista
Loja #CuritibaSuaLinda:
https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/memorial-paranista-ganha-sexta-loja-da-rede-curitibasualinda/58947

Crédito – Guilherme Luchina.

Vídeo do Memorial Paranista
https://www.curitiba.pr.gov.br/busca/?filtro=5&inicio=01-01-2017&final=17-05-2021