Franquia de chás de Curitiba passa a aceitar criptomoedas como pagamento

Comprar chás, infusões e acessórios vai ficar ainda mais fácil para os curitibanos já acostumados com transações utilizando bitcoins. A Chá & Arte, franquia que há 20 anos abriu seu primeiro espaço na capital do Paraná, passou a adotar a forma de pagamento no mês de outubro, com a inauguração da oitava loja da rede, localizada no bairro Cabral. A estratégia já está disponível para compras no novo espaço e também em outras duas lojas, nos bairros Centro e Hauer.

Crédito – Divulgação.

O uso de criptomoedas, espécie de moeda digital, já é tendência em alguns nichos do varejo, e se popularizou com a pandemia de Covid-19, principalmente no comércio eletrônico. “Este tipo de operação deve ser cada vez mais comum, já que as transações são seguras, rápidas e sem a necessidade de intermediários. Assim o cliente tem maior liberdade para escolher e o processo de compra ganha maior dinâmica. Acreditamos nos fundamentos da criptomoeda. Elas são o futuro das transações econômicas, justamente pelo amadurecimento visto no setor”, esclarece a empreendedora Juliana Treis, sócia-fundadora da Chá & Arte.

Inovação
Além da expectativa de alcançar este novo público apreciador de chás, a marca quer trazer para a unidade Cabral um novo conceito de experiência ao consumidor, com foco na inovação e sustentabilidade. A arquiteta Tatiana Sakaguti Watanabe, nova franqueada da Chá & Arte e quem assina o projeto, conta que a configuração foi focada na interação total com os clientes. São 110m² de um ambiente acolhedor, com espaço exclusivo para saborear as infusões especiais e outras novidades do mundo dos chás.

Tatiana Sakaguti Watanabe, nova franqueada da Chá Arte. Crédito – Divulgação.

“O projeto resgatou algumas idéias e elementos da primeira loja da marca, no Centro de Curitiba, para que os clientes fizessem a associação das novas com a antiga, que precisava de uma renovação sem perder a identidade. Procuramos usar cores próximas às da nova logomarca e utilizamos materiais e plantas trazer aconchego, acolhimento e a sensação de estar mais próximo da natureza”, explica Tatiana.

Sustentabilidade
Dentro das preocupações com a sustentabilidade está a questão da correta separação do lixo produzido dentro da loja, além da escolha de alguns materiais utilizados na decoração do local. “Em 20 anos muitas coisas mudaram, inclusive a preocupação em sermos responsáveis com o meio ambiente”, afirma Juliana Treis.

Recentemente a Chá & Arte conquistou o selo Agir Sustentável, que incentiva empresas na adoção de ações sustentáveis, com a proposta de mudança em cadeia – iniciando por algo interno, com incentivo aos colaboradores e clientes a aderirem às transformações.

Crédito – Divulgação.

A nova unidade no Cabral passou a recolher tampas plásticas e esponjas usadas para a reciclagem da comunidade local. “As tampas vão para a Campanha Tampinha Solidária, que trocam os produtos por fraldas geriátricas para asilos de Curitiba e região. As esponjas são enviadas para a Terracycle, uma empresa líder global em soluções para resíduos de difícil reciclabilidade”, explica Juliana.

Experiência
Entre as comemorações de aniversário, a Chá & Arte lança em novembro deste ano um produto inovador: o “Cubo de Chá”. Feito de papel e sachê piramidal biodegradável, o produto é feito em dobraduras baseadas nas técnicas do origami e não utiliza cola. Quando montado, tem formato de cubo que funciona como a caixinha do chá. Quando aberto, funciona como uma tampa que se acopla a qualquer tipo de caneca para a adequada infusão do blend.

O produto pode ser apreciado pelos clientes na própria loja do Cabral, onde há a disponibilidade de canecas e água quente para preparar a bebida. “Cada blend foi pensado para uma necessidade do cliente, seja relaxamento, conexão ou disposição. Vamos disponibilizar também a possibilidade de que cada pessoa crie seu kit, dentro das suas preferências”, antecipa Juliana Treis.

Sobre a Chá & Arte
A Chá & Arte foi fundada em 2001, com a abertura da primeira loja, no centro de Curitiba, capital do Paraná. Em 2017, com a proposta de consolidação e expansão do negócio no mercado de chás, e a necessidade de alcançar outras regiões, a marca iniciou o processo de ampliação para franquias. Em 2021, a Chá & Arte tem sete unidades em Curitiba (Centro, Hauer, Água Verde, São Braz, Bigorrilho, Alto da XV e Cabral) e uma unidade em São Paulo capital, no bairro Brooklin. Resgatar as origens dos sentimentos, da natureza e das inspirações do ser humano está na essência da Chá & Arte.