Sesc Mulheres aborda poesia e cidade

Com a proposta de abrir um espaço para debater, conversar e instigar interlocutores sobre temas de interesse do universo feminino e sua relação com a cultura, o Sesc Paraná promove no dia 17 de maio, a partir das 19h30, o segundo encontro do Sesc Mulheres.

No Teatro do Sesc da Esquina, o projeto recebe a poeta referência em slam, compositora e cantora, Kimani – nome artístico de Cinthya da Silva Santos –; a produtora cultural, slammer e arte educadora, Poeta Gabriela e, a psicóloga, produtora cultural, cantora, escritora, cofundadora do Slam Gurias CWB e do Projeto Poesia Abstrata, Jaquelivre, para discutir “Poesia e Cidade: mulheres na Rima”.

Em todo o mundo o slam, considerado uma literatura marginal, tem sido um grito de existência e politizado das periferias que tem conquistado ouvidos atentos em todo o mundo.

Convidadas
Kimani começou a fazer poesia aos sete anos de idade e desde que participou do primeiro slam, em 2017, não parou mais de competir. Foi o slam que fez de Kimani uma referência na poesia marginal. Vencedora de inúmeros campeonatos no Brasil, em 2020, representou o Brasil na Copa do Mundo de Slam, na França.

A Poeta Gabriela é produtora cultural, poeta, slammer, arte educadora e um dos nomes que despontam no meio da poesia marginal curitibana. Ela também é estudante de licenciatura em Educação Física pela UFPR, ministra oficinas, produz eventos literários e musicais gratuitos e é uma das idealizadoras do Slam das Gurias CWB.

Jaquelivre é psicóloga, produtora cultural, autora dos livros “7 de Vulvas” e “Coletânea Slam das Gurias – Vozes que Ecoam”. Em suas composições procura expressar com força e com argumentos líricos questões de classe e de gênero.

SERVIÇO
Sesc Mulheres – Poesia e Cidade: mulheres na Rima
Convidadas: Poeta Gabriela, JaqueLivre e Kimani
Data e horário: 17 de maio (terça-feira), às 19h30
Local: Teatro Sesc da Esquina – Rua Visconde do Rio Branco, 969
Ingressos: Limitados e gratuitos