Violência infantil é tema da Mostra Cinema e Infância na Cinemateca

Entre 2016 e 2020, 35 mil crianças e adolescentes de 0 a 19 anos de idade foram mortos de forma violenta no Brasil – uma média de 7 mil por ano. De 2017 a 2020, 180 mil sofreram violência sexual – média de 45 mil a cada ano. Esses dados alarmantes foram revelados pelo Panorama da Violência Letal e Sexual contra Crianças e Adolescentes no Brasil, lançado em 2021 pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O número de denúncias também é grande, só em 2022 já foram mais de 200 mil, feitas pelo Disque 100.

Sem Tempo para Brincar.

Segundo Thelma Alves de Oliveira, assessora da diretoria do Hospital Pequeno Príncipe, o tema sobre violência contra criança é urgente, pois se intensificou no período da pandemia, permanecendo ainda velado, pouco visível e pouco falado. “Em 2021, apenas no Hospital Pequeno Príncipe foram 618 atendimentos, um crescimento de 11%, sendo a violência sexual predominante, com 344 casos, ou seja, 55% do total. A violência é uma prática recorrente que precisa ser interrompida, aqui e agora. Promover o debate é uma ação necessária e transformadora”, disse.

O Fim do Recreio.

Para estimular o debate sobre o tema, conscientizar a população sobre os direitos da criança e chamar a atenção da sociedade para a gravidade da situação, o combate à violência infantil é o tema da “Mostra Cinema e Infância”, que será realizada entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro na Cinemateca de Curitiba (PR). A Mostra – voltada para o público adulto – terá exibição totalmente gratuita, com 12 curtas e médias metragens nacionais, entre ficções, documentários e animações, que trazem temas como violência sexual, trabalho infantil, prostituição infantil, violência de gênero, pobreza, homofobia e racismo.

Carreto.

A programação completa está disponível no site www.cinemaeinfancia.com.br. Entre os títulos que serão apresentados sempre às 19h nos dias 30 e 31/08, e 1º/09, estão “Menina Espantalho”, “Bicho do Mato”, “Carreto”, “Sem Tempo Para Brincar”, “Bicha Bomba”, “Eu Sou o Superman”, “O Silêncio de Lara”, “Morri na Maré”, “O Fim do Recreio”, “Mundo Sem Porteira”, “Cordilheira de Amora II” e “Vida Maria”. Para assistir aos filmes, o público deve retirar os ingressos na bilheteria uma hora antes do início de cada sessão. Os filmes também ficarão disponíveis de forma on-line, por 30 dias, no site da Mostra

Eu Sou o Superman.

O evento conta com a curadoria do cineasta Luciano Coelho e do psicanalista Glauco Machado. Luciano diz que o projeto é muito mais do que uma mostra de cinema, pois aborda temas sensíveis, atuais e preocupantes na sociedade. “O projeto busca conscientizar os espectadores para a vulnerabilidade infantojuvenil frente à violência em suas diversas facetas, bem como para o necessário conhecimento e posicionamento por parte dos adultos que convivem e atuam profissionalmente junto à infância e adolescência”, afirma.

Bate-papos
Os três dias de exibição serão seguidos de bate-papos com a curadoria e realizadores, com o intuito de ampliar a reflexão sobre o tema. Algumas sessões contarão, ainda, com recursos de audiodescrição, legendas e libras como forma de promover a acessibilidade (veja abaixo no Serviço).

No primeiro dia da Mostra (30), acontece o bate-papo com Luciano Coelho (Sem Tempo Para Brincar). Na sequência (dia 31), é a vez do de Vinicius Mazzon, co-diretor do filme O Fim do Recreio. No encerramento, dia 1 de setembro, o encontro é com a cineasta Juliana Sanson, diretora do filme Bicho do Mato.

A Menina Espantalho.

Viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Mostra Cinema e Infância tem como instituição beneficiada o Hospital Pequeno Príncipe e conta com patrocínio de Acso, Decolores Mármores, Bianchi, Stampa, Plast & Pack, Sideral, Grupo Bacarin, Nipponflex, ALT e Crios Industrial.

Serviço:

“Mostra Cinema e Infância”
Quando: de 30 de agosto a 1º de setembro
Horário: 19h
Onde: Cinemateca de Curitiba
Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174, São Francisco. Curitiba (PR)
Telefone: (41) 3321-3252

Bicha Bomba.

Ingressos distribuídos uma hora antes de cada sessão.
Classificação indicativa: 16 anos
Programação completa: www.cinemaeinfancia.com.br

Redes sociais:
https://www.instagram.com/mostracinemaeinfancia/
https://www.facebook.com/mostracinemaeinfancia
https://www.youtube.com/channel/UCI869iC-ttfuCMV3eyfYsYQ